Frases, Ditos e outros.


Vander Lee - Meu Jardim
Vander Lee
Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores         
                     
Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores       
                        
Refazendo minhas forças, minha fonte, meus favores    
   
Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores
Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho     
                            
Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho
                                   
Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho       

Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho     
                              
Estou podando meu jardim
Estou cuidando bem de mim


Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 19h46
[   ] [ envie esta mensagem ]




Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida
e olhos adiante, com a graça de um adulto e
não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os
planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o
sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe,
algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,
ela vai feri-lo de vez em quando e você
precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para se construir confiança
e apenas segundos para destrui-la, e que você
pode fazer coisas em um instante, das quais se
arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a
crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família
que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos
se compreendemos que os amigos mudam,
percebe que seu melhor amigo e você podem fazer
qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se
importa na vida são tomadas de você muito depressa,
por isso sempre devemos deixar as pessoas
que amamos com palavras amorosas,
pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes
têm influência sobre nós, mas nós somos
responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar
com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a
pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou,
mas onde está indo, mas se você não sabe
para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o
controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco
ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada
e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de
estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do
jeito que você quer que ame, não significa que
esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam, mas
simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser
perdoado por alguém, algumas vezes você tem
que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga,
você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos
pedaços seu coração foi partido,
o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é
algo que possa voltar para trás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma,
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar...
que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe
depois de pensar que não se pode mais.
Aprende que nossas dúvidas são traidoras
e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar.
E que realmente a vida tem valor e que
VOCÊ tem valor diante da vida!

Sir William Shakespeare



Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 19h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




Os Poemas

Digno de Nota!

Não me façam esperar,

Não mais!

Não houve arrependimento com dor,

Nem tão pouco, dor!

Pois, simplesmente arrependimento não há...

Atirei-me às chamas da paixão,

Queria delas, livrar-me

Sua bruma sufocava-me, cegava-me,

Seu efeito,

Em toda sua loucura,

quase ousou contaminar-me!

Mas forte, que sou,

Não tinha em mim noção,

Apresentei-me, bati-me com seus ventos!

Eu os venci,

Antes que perdesse de minha visão,

Aquilo que teimava em encobrir,

Com sua sanha insâna!

Mas, desse embate,

Restou-me o móto,

Agora livre!

E haverei de dá-lo àquela,´

Àquela que ousar em mim,

E por mim ousar,

Dela será o Amor,

Imenso Amor,

Sem bruma,

Sem insâna sanha,

Digo não,

Digo sim,

É meu e o darei a quem dele souber,

De sua imensidão,

Sorver o Néctar da inteligência,

Da correção,

Da aventura,

Do dia de amanhã,

Dá-lo-ei,

Mas como tomei-o antes,

Se necessário,

Tomá-lo-ei de volta,

Pois a mim pertences, então dou-te a quem eu escolher,
Amor meu!


Mark Röttenberg



Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 01h38
[   ] [ envie esta mensagem ]




Charles Chaplin


"Já perdoei erros quase imperdoáveis,
Tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso,
Já me decepcionei com pessoas qdo nunca pensei me decepcionar
Mas tbm já decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger,
Já dei risadas quando não podia
Já fiz amigos eternos
Já amei e fui amado,
Mas tbm já fui rejeitado.
Já gritei e pulei de tanta felicidade.
Vivi de amor e fiz juras eternas
Mas já "quebrei a cara" muitas vezes.
Já chorei ouvindo música e vendo fotos.
Já liguei só pra escutar uma voz,
Já me apaixonei por um sorriso,
Já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e...
... tive medo de perder alguém especial!
(acabei perdendo) Mas sobrevivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida...
E vc tbm não deveria passar.
Viva!!!
Bom mesmo é ir a luta com determinação,
Abraçar a vida e viver com paixão,
Perder com classe e vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve
e
A VIDA É MUITO
pra ser insignificante"


(Charles Chaplin)

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 18h54
[   ] [ envie esta mensagem ]




O POTE RACHADO


Havia na Índia um carregador de água que transportava - em ambas as pontas de uma vara que levava atravessada no pescoço - dois potes grandes de barro.
Um dos potes tinha uma racha e o outro era perfeito.
O pote perfeito chegava sempre cheio ao final do longo caminho que ia do poço até à casa do patrão.
Mas o pote rachado chegava apenas com metade da água.
E assim, durante dois anos, o carregador entregou diariamente um pote e meio de água em casa do seu senhor.
O pote perfeito, é claro, estava orgulhoso do seu trabalho.
O pote rachado, porém, estava envergonhado da sua imperfeição. Sentia-se miserável por apenas ser capaz de realizar metade da tarefa a que estava destinado.
Depois de perceber que, ao longo de dois anos, não tinha passado de uma amarga desilusão, o pote disse um dia ao homem, à beira do poço:
- Estou envergonhado e quero pedir-te desculpa. Durante estes dois anos só entreguei metade da minha carga, porque a minha racha faz com que a água se vá derramando ao longo do caminho. Por causa do meu defeito, tu fazes o teu trabalho e não ganhas todo o salário que os teus esforços mereciam.
O homem ficou triste com a tristeza do velho pote, e disse-lhe com compaixão:
- Quando voltarmos para casa do meu senhor, quero que repares nas flores que se encontram à beira do caminho.
De facto, à medida que iam subindo a montanha, o pote rachado reparou em que havia muitas flores selvagens à beira do caminho e ficou mais animado.
Mas no final do percurso, tendo-se vazado mais uma vez metade da água, o pote sentiu-se mal de novo e voltou a pedir desculpa ao homem pela sua falha.
Então, o homem disse ao pote:
- Reparaste em que, ao longo do caminho, só havia flores de teu lado? Reparaste também em que, quando vínhamos do poço, todos os dias, tu ias regando essas flores? Ao longo de dois anos, eu pude colher flores para ornamentar a mesa do meu senhor. Se tu não fosses assim como és, ele não poderia ter essa beleza para dar graça à sua casa.


(Autor desconhecido)


Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 14h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




RUDYARD KIPLING



Se
- Se podes conservar o teu bom senso e a calma
No mundo a delirar para quem o louco és tu...
Se podes crer em ti com toda a força de alma
Quando ninguém te crê...Se vais faminto e nu,

Trilhando sem revolta um rumo solitário...
Se à torva intolerância, à negra incompreensão,
Tu podes responder subindo o teu calvário
Com lágrimas de amor e bênçãos de perdão...

Se podes dizer bem de quem te calunia...
Se dás ternura em troca aos que te dão rancor
(Mas sem a afectação de um santo que oficia
Nem pretensões de sábio a dar lições de amor)...

Se podes esperar sem fatigar a esperança...
Sonhar, mas conservar-te acima do teu sonho...
Fazer do pensamento um arco de aliança,
Entre o clarão do inferno e a luz do céu risonho...

Se podes encarar com indiferença igual
O triunfo e a derrota, eternos impostores...
Se podes ver o bem oculto em todo o mal
E resignar sorrindo o amor dos teus amores...

Se podes resistir à raiva e à vergonha
De ver envenenar as frases que disseste
E que um velhaco emprega eivadas de peçonha
Com falsas intenções que tu jamais lhes deste...

Se podes ver por terra as obras que fizeste,
Vaiadas por malsins, desorientando o povo,
E sem dizeres palavra, e sem um termo agreste,
Voltares ao princípio a construir de novo...

Se puderes obrigar o coração e os músculos
A renovar um esforço há muito vacilante,
Quando no teu corpo, já afogado em crepúsculos,
Só exista a vontade a comandar avante...

Se vivendo entre o povo és virtuoso e nobre...
Se vivendo entre os reis, conservas a humildade...
Se inimigo ou amigo, o poderoso e o pobre
São iguais para ti à luz da eternidade...

Se quem conta contigo encontra mais que a conta...
Se podes empregar os sessenta segundos
Do minuto que passa em obra de tal monta
Que o minute se espraie em séculos fecundos...

Então, á ser sublime, o mundo inteiro é teu!
Já dominaste os reis, os tempos, os espaços!...
Mas, ainda para além, um novo sol rompeu,
Abrindo o infinito ao rumo dos teus passos.

Pairando numa esfera acima deste plano,
Sem receares jamais que os erros te retomem,
Quando já nada houver em ti que seja humano,
Alegra-te, meu filho, então serás um homem!...


- RUDYARD KIPLING

(tradução de Féliz Bermudes)
Nota: Tradução em português de Portugal

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 12h24
[   ] [ envie esta mensagem ]




Mark Twain


- "Se você diz a verdade, não precisa lembrar-se de nada." - Mark Twain ( frase enviada pela amiga Leca)

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 10h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




Aristóteles


- O objetivo da arte é representar não a aparência externa das coisas, mas sua expressão interna. (tradução livre) - Aristóteles


Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 22h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




Jean-Jacques Rousseau


- Virtude é um estado de guerra, e para vivê-la de forma plena devemos estar permanentemente combatendo a nós mesmos. (tradução livre) - Jean-Jacques Rousseau

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 22h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




Sir Isaac Newton


“Nós nos preocupamos em construir muitos muros, e não construímos pontes como deveríamos." - (tradução livre) Sir Isaac Newton

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 22h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




Chico Xavier


"duas asas irão conduzir o Anjo até Deus: a da sabedoria e a do sentimento." - Chico Xavier - Emmanuel, O Consolador

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 20h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




Livre Expressão


Não tenho a convicção de poder, aqui neste espaço, usar de minha Pena. Mas, mesmo assim, que seja. Me permitirei sem abusos.
Tenho visto, tenho ouvido e até mesmo sentido o caos dos tempos. Não houve mudança significativa no Homem. Este, continua vil e cruel. Há cada vez menos espaço para atos de bondade e solidariedade; há quem diga que tais atos são coisa de tolos, para tolos. Será?
Em todas as épocas vimos pessoas altruístas, capazes de atos abnegados pelo seu próximo. Alguém diria que nada disso alterou os rumos da história; devo concordar, mas devo advertir, que as poucas sementes dessa árvore - a árvore da bondade, que ainda germinam, o fazem por que em vários momentos, teve sua vitalidade renovada por aqueles que à ela doaram seus princípios e suas esperanças. Vide abaixo, Homens como Chaplin, Gandhi, Einstein, S. Hawking e outros, ainda não citados aqui por suas máximas, mas que o serão em breve; tais como Chico Xavier, Dom Élder Camara, Buda... e uma imensa lista de semeadores de Conhecimento e Bondade em nosso solo, que pode ser fértil, desde que seja devidamente cultivado.

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 14h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




Guimarães Rosa


- "a história de um homem grande é bem dada no resumo de um só dia de sua vida". - Guimarães Rosa, Sagarana

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 09h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




Stephen Hawking - Cosmólogo


- " Se, de fato, descobrirmos uma teoria completa, ela deverá ser, em princípio, compreensível em sua linhas gerais por todos, não apenas por poucos cientistas. Então, todos, filósofos, cientistas e pessoas comuns, poderemos participar da discussão de por que nós e o Universo existimos. Se achássemos a resposta para isso, esta seria o triunfo último da razão humana - pois então conheceríamos a mente de Deus." - Stephen Hawking, Uma breve história do tempo.

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 09h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Em Homenagem a Sir Charles Chaplin, um Humanista


Antes, e acima de tudo, presto aqui uma singela Homenagem a um Homem das Luzes, das Câmeras e da ação. Mas além disso tudo, um Humanista surpreendente!

Escrito por Mark Bernhardt Röttenberg às 22h48
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Viagens
MSN - markrottenberg@hotmail.com
Histórico
  15/07/2007 a 21/07/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007


Outros sites
  Photography - Meu Fotoblog no UOL
  Röttenberg's Fotolog
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  O.N.U. - Brasil
Votação
  Dê uma nota para meu blog